18 de Julho de 2018

Pantanal Marimbus: sossego e contato com a natureza na Chapada Diamantina

O mais incrível da Bahia é que um destino bastante conhecido tem sempre algo a ser descoberto. É assim na Chapada Diamantina, que nos últimos anos viu crescer o potencial de mais uma atração: o Pantanal dos Marimbus

O pantanal dos Marimbus é uma grande planície inundável com uma rede de lagoas interligadas de águas mansas, alimentadas pelo rio Santo Antônio. Existem diversas formas de navegar nas lagoas. 

Pantanal do Marimbus: contato com a natureza e sossego 
(Foto: Reprodução Robertomaciel2015)

 

O principal ponto de partida é o povoado de Remanso, de onde se pode contratar um barqueiro/guia local e acertar a duração e o preço do passeio, que costuma variar entre R$ 50 e R$ 80 (por pessoa). Em geral,  costuma-se incluir uma parada na cacoeira do Roncador e almoço na fazenda do Roncador. A comida é caseira, feita em fogão de lenha e sai a R$ 25 por pessoa. 

 

 

Na canoa pequena, com capacidade para três pessoas, o barqueiro assume os remos e você só precisa apreciar a paisagem e “pilotar” a câmera fotográfica (se quiser). Na maior, para até cinco pessoas, alguém terá que remar também. 

Canoa canadense é usada em diversos passeios
(Foto: Reprodução)

 

O percurso leva aproximadamente uma hora e meia rio abaixo e duas horas para voltar. No caminho, você avistará muitas espécies de pássaros e plantas aquáticas. A canoa desliza levemente, tendo como companhia apenas o silêncio e o canto das aves. 

Entre as diversas atividades que podem ser feitas na região, a Fazenda Marimbus se destaca como outro ponto de acesso aos passeios. A apenas 4 km de Andaraí (pela BA-142), de lá saem as já conhecidas canoas canadenses. Na alta estação, a procura é grande, por isso é bom reservar.

Ninféia é uma das vegetações encontradas na região
(Foto: Reprodução)

 

Na fazenda, também há a possibilidade de fazer passeios de Stand Up Paddle (SUP) e caiaque, além de pesca e observação de aves.  Por lá também tem um camping, para quem quer se hospedar. Pela localização central, a opção é excelente para quem quer explorar bem a Chapada, de forma independente. E a gente já destacou as qualidades da Banca Torta, quiosque na entrada da fazenda, cuja fama da esfiha de palma  corre meio mundo. 

 

 

Se você estiver sem carro, também pode contratar passeios para o Pantanal de Marimbus nas agências de turismo de cidades como Lençóis e Mucugê. 

Peços e serviços apurados em abril de 2018

Leia também:

Veja o que fazer no dia em que chegar em Mucugê

Cachoeira do Cardoso é passeio pra quem quer tranquilidade em Mucugê

Desafio de Mountain Bike é destaque na agenda de eventos em Mucugê, em 2018

Bistrô da Onça: imperdível experiência vegetariana da horta à mesa, na Chapada

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!