28 de Maio de 2018

Bistrô da Onça: imperdível experiência vegetariana da horta à mesa, na Chapada

Comer é uma experiência que vai muito além do paladar. Envolve todos os sentidos e até nossa visão de mundo. Mas na correria do dia a dia, isso termina ficando de lado. Tem um lugar na Chapada Diamantina onde dá para recuperar - sem nenhuma pressa - parte desse atraso: o Bistrô da Onça. 

Bistrô da Onça: eco construção, totalmente sustentável
(Foto: Reprodução/TripAdvisor)


A ideia dos chefs Carlos e Jeff é oferecer uma experiência gastronômica que coloca o visitante em contato com a natureza, além de oferecer todo o clima de encontro e reencontro com amigos. O menu é vegetariano e todos os ingredientes frescos são orgânicos e produzidos na propriedade. São os dois que recebem os visitantes como convidados e também que colocam a mão na terra para produzir legumes, verduras, flores e frutas.

Queijos, doce de leite, mostarda, ketchup, vinagre, melado de cana e pão também são feitos por lá. Os demais produtos, como farinha de mandioca, vêm de comunidades vizinhas, de forma tradicional. 
Muito além do que chega à mesa, a visita começa com um passeio na fazenda, onde as hortas em formato de mandala são os grandes destaque. É dessa forma que a gente inicia o ciclo do que será servido à mesa e é seduzido pelos sabores e aromas que virão.

Total integração com a natureza 
(Foto: Reprodução/TripAdvisor)

 

No passeio também entram as histórias sobre recuperação da propriedade e construção do edifício “verde”. A casa é de adobe (feita com barro do local), pedra (do terreno) e cobertura de telhado verde, que quase se mistura às cores e as texturas da paisagem em volta.

Como tudo gira em função do que é produzido no local, cada semana tem um novo menu, em função da sazonalidade e da variedade das hortas. São sempre cinco pratos, das entradas e antepastos, passando por sopa, prato principal e sobremesa (R$ 100 por pessoa). Apesar da grande variação, alguns itens já se tornaram queridinhos do cardápio e revelam a influência da culinária internacional com toques locais. Esse é o caso da tortilla espanhola que por aqui leva batata doce no lugar da tradicional inglesa. 

As hortas têm formato de mandala: visita marca início do ciclo da refeição
(Foto: Reprodução/TripAdvisor)

 

Os pratos surpreendem pela mistura de cores, sabores e texturas, mas são super simples. Nada que você não conseguisse fazer em casa, se tivesse os ingredientes fresquinhos. Torça para a torta de abacaxi com coco ser a sobremesa do dia. Mas se for a de banana, nozes, ricota e doce de leite você não perde nada também. 

Falafel wrap: um dos pratos do cardápio
(Foto: Reprodução/TripAdvisor)

 

Para chegar ao Bistrô da Onça é preciso seguir as placas da estrada que liga Palmeiras a Mucugê, à beira da Serra do Sincorá, ao lado do povoado Esbarrancado e a 10 km da entrada do Beco/Vale do Pati (Guiné).  O ideal é se planejar e reservar com antecedência por WatsApp, pois o local tem pouquíssimas mesas e a fama já começa a correr aos quatro ventos. 

Torta de abacaxi com coco
(Foto: Reprodução/TripAdvisor)

 

O Bistrô está localizado na estrada Palmeiras/Mucugê, s/n, a beira da Serra do Sincorá, ao lado do povoado Esbarrancado e a 10 km da entrada do Beco/Vale do Pati (Guiné).

Se ligue!

Bistrô da Onça
Estrada Palmeiras/Mucugê, s/n, a beira da Serra do Sincorá, a 10 km da entrada do Beco/Vale do Pati (Guiné).
Funcionamento: de quinta a domingo, 12h às 16h; reservas por WhatsApp 75 991301745
Em janeiro de 2017, funcionará diariamente, exceto às terças-feiras 

Preços e serviços apurados em janeiro de 2018

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!