17 de Agosto de 2018

Até novembro, planeje-se para assistir ao espetáculo das baleias-jubarte, em Abrolhos

O extremo sul da Bahia recebe, periodicamente, visitas inusitadas e muito amigáveis: todos os anos, entre julho e novembro, grupos de baleias jubarte procuram por águas mornas, tranquilas e pouco profundas para acasalamento e reprodução. Para acompanhar de perto a presença das visitantes aquáticas, ou usufruir das belas paisagens naturais, o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, em Caravelas (a 250 km de Porto Seguro), merece ser visitado em qualquer época do ano. Entre dezembro e fevereiro, as águas ficam mais quentes e límpidas, criando um ambiente ideal para práticas de mergulho.

(Crédito: Enrico Marcovaldi / Instituto Baleia Jubarte / Divulgação)  

 

Criado em 1983, a área preservada do Parque, com 91 mil hectares, fica a 70 km de Caravelas e abriga a maior biodiversidade marinha do Atlântico Sul. O lugar, que no passado já foi estação baleeira com caças ilegais, hoje é fechado para qualquer tipo de prática pesqueira e aberto apenas para atividades turísticas. Na região, é possível encontrar aves marinhas, como atobás-mascarados, fragatas e grazina do bico vermelho, além da possibilidade de realizar mergulhos entre os grandes e coloridos corais ou cavernas submarinas da região.  

 O arquipelágo de Abrolhos é formado por cinco ilhas, mas apenas Siriba permite desembarque de visitantes

(Crédito: Enrico Marcovaldi / Instituto Baleia Jubarte / Divulgação) 

 

Logo início de junho, já é possível conferir as espécies jubarte que migram da Antártica até as águas mornas da Bahia e chegam a pesar 40 toneladas. Em constante movimentação, e por se sentirem seguras no berçário, as baleias são desinibidas e chegam perto das embarcações. Os momentos de grandes pulos e acrobacias dos mamíferos marinhos são sempre aguardados com muita ansiedade. Além disso, ao ouvir os sons emitidos por eles, os visitantes sentam que algum diálogo se efetivou.

(Crédito: Enrico Marcovaldi / Instituto Baleia Jubarte / Divulgação) 

 

Para chegar até lá, agende diretamente com agências credenciadas no parque e com especialização no serviço: seja um bate-volta realizado no mesmo dia (em catamarãs, todo passeio dura de três a quatro a horas), das 7h às 18h, ou passe de dois a quatro dias aproveitando a tranquilidade e riquezas do lugar. Empresas como Abrolhos Embarcações (abrolhosembarcacoes.com.br), Apecatu Expedições (apecatuexpedicoes.com.br) e Horizonte Aberto (horizonteaberto.com.br) oferecem serviços turísticos.

Para entrar no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é preciso pagar uma taxa: o valor para público geral fica R$ 86; para os brasileiros, há desconto de 50% (R$ 43); para os turistas do Mercosul, há 25% de abatimento (R$ 64); já para os moradores do entorno, a entrada sai por apenas R$ 9, totalizando 90% de desconto.

 

Se ligue!
Parque Nacional Marinho dos Abrolhos – Caravelas (BA) / (73) 3297-2258
Preços e serviços apurados em novembro de 2017

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!