18 de Julho de 2018

Não espere convite da prima rica: a gente te ensina a chegar em Ilha de Maré

Ilha de Maré é uma constante nos passeios de escuna da galera do trabalho às super fotos das luxuosas lanchas que circulam pela Baía de Todos os Santos. Mas você não precisa esperar que os grandes eventos aconteçam, sejam eles os prometidos reencontros da turma ou aqueles convites da prima rica que nunca chegam. Verão está aí na porta e Ilha de Maré também pode ser sua fácil fácil: para passar o dia, pernoitar ou ter um almoço diferente.  Já ouviu falar do badalado restaurante Preta na praia de Botelho? Ele pode ser uma excelente desculpa para se aventurar na baía. 

Vista do Terminal Marítimo de São Tomé de Paripe: barquinhos fazem transporte para Ilha de Maré
(Foto: Reprodução/Instagram restaurante preta)

 

Existe uma forma bem simples de chegar na ilha que pertence a Salvador. Para ser mais exato, o lugar é considerado um bairro da capital baiana. Os pontos mais conhecidos da Ilha de Maré são Praia Grande, Santana, Botelho, Itamoabo e das Neves. Se você não tem lancha ou barquinho “teco teco” à sua disposição, tem que recorrer aos barcos que saem de São Tomé de Paripe. Fica ao lado da famosa Praia de Inema, local escolhido pelos últimos três presidentes para passar férias. Daí já dá pra tirar o naipe da paisagem.

Do Terminal Marítimo de São Tomé de Paripe saem barcos de linha com capacidade de 30 a 50 pessoas, em intervalos bastante longos,  coisa de uma hora e meia (R$ 5 por pessoa). Por isso, a melhor maneira (e mais rápida!) de chegar na Ilha de Maré é com os barquinhos menores (R$ 5 por pessoa também). Não precisa nem chegar no píer, no caminho você já será interpelado por barqueiros interessados em preencher a capacidade das pequenas embarcações (para umas dez pessoas) e adiantar o lado. Aí é hora de negociar o preço, porque alguns podem cobrar um pouco mais caro: mas se chorar a viagem morre em R$ 5 mesmo. Um pouco maiores que canoas, eles têm motor e fazem o trajeto até das Neves em 15 minutos. Até Botelho demora no máximo 20 minutos. É só chegar e dizer aonde quer ir. Em geral, a travessia é tranquila, com mar calmo, dê um saque.  

Chegada  na Praia de Botelho 
(Foto: Reprodução/Instagram verenaparanhos)

 

Preste atenção: não há transporte regular de uma praia para outra, nem mesmo de barco. Se quiser conhecer mais de um ponto, ou tomar banho de mar em uma praia e almoçar em outra, acerte com o barqueiro. Até dá para percorrer alguns trechos a pé, mas não é muito recomendado, pois eventualmente assaltos são registrados a turistas. Nada preocupante, mas é melhor tomar cuidado. 

Para muito soteropolitano chegar em São Tomé é uma coisa de outro mundo. É um pouco distante das regiões mais centrais da cidade, mas é super fácil. Uma das opções é percorrer toda a extensão da Avenida Afrânio Peixoto. Se os aplicativos te indicarem esse caminho, deixe pra lá. O melhor caminho é ir por fora, pegar a saída da cidade para a BR-324 e depois a BA 528, conhecida como estrada do Derba.

Praia das Neves: águas calmas e transparentes
(Foto: Reprodução/Instagram leandroferreira_ba)

 

São aproximadamente 22 km. O caminho é tranquilo, bem sinalizado, com vários redutores de velocidade, pois a estrada corta bairros do subúrbio como Fazenda Coutos e Vista Alegre. É só seguir até a Base Naval. Da saída da cidade, com a velocidade permitida, você levará aproximadamente 30 minutos. Como há poucas vagas de estacionamento gratuito em São Tomé de Paripe, é bom chegar cedo se quiser economizar esse trocado. Mas existem diversos estacionamentos com diária de aproximadamente R$ 15. Se chorar um pouco, provavelmente você vai conseguir pagar R$ 10. Quem não tem carro, não tem do que reclamar, pois Base Naval é fim de linha de vários ônibus. A viagem só vai demorar bem mais. 

 

Só se ligue com o último horário de saída dos barcos de linha ou então você corre o risco de ficar ilhado. Dá para acertar com os barqueiros horário para buscar também. Basta combinar na chegada e, claro, pegar o número de telefone do bróder, pra garantir. 

Fácil, simples e barato, né não? Turista, inclua Ilha de Maré em sua visita a Salvador. Soteropolitano, deixe de preguiça, que o paraíso é logo ali. 

Se ligue!
Terminal Marítimo de São Tomé de Paripe: segunda a sábado, 7h às 17h30; domingos e feriados, 7h às 17h
Preços e serviços apurados em novembro de 2017

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!