25 de Maio de 2018

Trekking do descobrimento: réveillon no paraíso e em total contato com a natureza

Trancoso, Praia do Espelho, Caraíva e Prado e são destinos superconhecidos no Sul da Bahia. E no réveillon costumam ser muito disputados. No entanto, tem como virar o ano na região longe das badalações, em total conexão com a natureza e em busca de autoconhecimento. Mas para isso tem que estar disposto - e preparado! - para percorrer 80 km a pé. O trekking do descobrimento é um roteiro oferecido por algumas agências especializadas em levar grupos de Cumuruxatiba (no município de Prado) a Trancoso em nove dias e oito noites, em geral, de 25 de dezembro a 2 de janeiro. 

(Foto: Rita Santos/Acervo pessoal)

 

Alguns pacotes, inclusive, já têm preços e transfer para quem vem do Rio de Janeiro e de São Paulo. Mas o melhor mesmo é fazer contato com mais de uma agência, pois nem todas chegam a fechar grupos e concretizar o passeio. Em geral, eles começam a oferecer o roteiro a partir de outubro, quando o trekking nas montanhas mais altas do país (Serras da Mantiqueira, dos Órgãos e da Bocaina) fica impossibilitado por causa das chuvas. Por lá, a alta estação é de maio a setembro.  

O trekking do descobrimento tem nível de dificuldade intensa. Por isso, requer bom condicionamento físico para caminhar 80 km na areia fofa e inclinada, com a mochila nas costas e sol forte como outro fator de desgaste. No dia mais puxado, a caminhada é de 21km, de Corumbau a Caraíva. Mas, calma, não se desespere só de pensar. Existem paradas estratégicas, com direito a praias l-i-t-e-r-a-l-m-e-n-t-e desertas e pernoites em campings com estrutura de banheiros, restaurantes e bares. Na realidade, o cenário paradisíaco é bem melhor do que se imagina: inclui caipirinhas e cervejas puro malte geladas, servidas enquanto você toma banho de mar na água transparente e quente.  

(Foto: Rita Santos/Acervo pessoal)

 

Se aventura for a sua, não hesite. Essa é provavelmente a maneira pela qual você pode viver experiências que nunca imaginaria e pisaria em lugares aonde nunca iria, como Barra do Cahy e Ponta do Corumbau. Pernoitar sob o céu estrelado na Praia do Espelho é totalmente diferente de hospedar-se em uma vilinha rústica e hype. O roteiro também inclui Caraíva com suas lojinhas e restaurantes “hippie chiques”, mas a vibe é outra. Andar quilômetros no meio do nada, encontrar paisagens indescritíveis, com coqueirais e, a depender da maré, passarelas sobre o mar. Já pensou em cruzar pelo caminho com indiozinhos que tomam banhos totalmente nus e nem falam português? 

(Foto: Rita Santos/Acervo pessoal)

Quem fez garante que é uma experiência única e transformadora, intensificada pela energia do ano novo, de balanços e novas metas. A convivência em grupo é outro ponto forte do trekking. Muito provavelmente você vai virar o ano com novos melhores amigos de infância.  E aí? Vai encarar? Pisa, Nas Nuvens e Filhos da Terra fazem o roteiro. 

Preços e serviços apurados em setembro de 2017

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!