24 de Maio de 2020

Setor de turismo convive com a incerteza em meio à pandemia

Ninguém sabe dizer quando as fronteiras europeias serão novamente abertas para viagens, afirmou o encarregado de turismo do Ministério alemão da Economia, Thomas Bareiss.

Ele acrescentou que, no caso dos turistas alemães, o mais provável é que eles passem as próximas férias em sua própria região do que em destinos como Espanha e Grécia.

A situação do setor de turismo é catastrófica, tanto na Alemanha como no Sul da Europa e no Mediterrâneo. A queda nas reservas de pacotes de viagem deve chegar a 70% na Alemanha, estima a associação das agências de viagens.

Já a Comissão Europeia afirma que os cruzeiros marítimos serão os mais afetados, com uma queda de 90%.

Numa reunião de ministros europeus do Interior, esta semana, o representante croata e presidente do conselho de ministros, Davor Bozinovic, disse que a reabertura das fronteiras, tanto internas como externas, será feita de forma muito cautelosa.

"Fomos unânimes na avaliação de que é sobretudo importante impedir uma nova onda de infecções" por coronavírus, disse, sem detalhar prazos.

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!