12 de Dezembro de 2018

Pôr do sol e música: agora a Jam no Mam tem edição mensal; planeje-se

Se você curte música, especialmente jazz, improvisação musical ao ar livre e clima descontraído, precisa conhecer a Jam no MAM, no Solar do Unhão. Em 18 anos de existência, o evento se consolidou como uma das principais atividades culturais da noite soteropolitana. 

Super banda base da Jam no Mam mescla novatos e experientes músicos da cena soteropolitana
(Foto: Reprodução / Instagram almeida1984)

 

Até o ano passado, era certo vir a Salvador e deixar o fim de tarde do sábado reservado para ver o pôr do sol no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) e emendar com  a Jam. Mas devido a incertezas do financiamento, com a maioridade também veio a necessidade de se reinventar. Neste segundo semestre de 2018, a programação é que a Jam aconteça uma vez por mês, no último sábado, mas isso também depende de financiamento coletivo ou empresarial (entenda e colabore). A edição de 29 de setembro está confirmada, por isso aproveite! Veja abaixo também o calendário previsto para este ano.

Chegue cedo e garanta seu banquinho
(Foto: Reprodução / Instagram jamnomam  Lígia Rizério)

 

A Jam no Mam é frequentada principalmente pelo público jovem, mas sempre tem uma galera mais velha também. O clima do evento é de paquera e bem “legalize”. A banda base é formada por jovens e veteranos músicos da cena baiana, entre eles André Becker, Gabi Guedes, Felipe Guedes, Ivan Huol, Ivan Bastos, Joatan Nascimento, Paulo Mutti, Rowney Scott.... a lista é grande e muito boa! E sempre tem convidados que roubam a cena. Vale a pena chegar a tempo de ver alguma exposição no museu, pegar o pôr do sol e garantir o seu banquinho para o show que começa logo após o entardecer e termina mais ou menos às 21h. 

Forte candidato a melhor pôr do sol da cidade
(Foto: Reprodução / Instagram )

 

A melhor forma de chegar ao MAM é de táxi ou uber. Assim você não precisará se preocupar com estacionamento ou segurança. Mas se quiser mesmo ir de carro, dá pra parar na própria avenida contorno ou no acesso à gamboa (em vez de descer a ladeira do Museu, pegue a esquerda). Os flanelinhas cobram R$ 10 pelo estacionamento. De ônibus, desça no ponto da Casa de Itália, passe pelo quartel dos Aflitos e caminhe menos de dez minutos até a avenida Contorno. O trecho é curto, mas toda atenção é pouca. 

 

 

Se ligue!
Jam no MAM @jamnomam
Solar do Unhão, Av. Contôrno, s/n, Dois de Julho, Salvador
R$ 8 e R$ 4
Próximas datas:
29 de setembro de 2018
27 de outubro de 2018
24 de novembro de 2018
29 de dezembro de 2018

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!