17 de Outubro de 2018

Maioria dos turistas que visitam destinos baianos retornam ao local, revela pesquisa

De acordo com pesquisas do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE - Bahia), 62% das pessoas que visitam destinos baianos retornam ao local. As informações foram retiradas de entrevistas presenciais feitas com mais de 4 mil turistas, entre 2016 e 2018, em Ilhéus, Itacaré, Porto Seguro (sede e destinos) e Morro de São Paulo.

Entre as conclusões, 52% dos turistas que visitam a Bahia têm entre 31 e 55 anos, a faixa etária é seguida pelo público mais jovem, de 18 a 30 anos (34%), e por uma pequena fatia de turistas com mais de 55 anos (13%). Já no quesito gênero, não há grande diferença: 55% mulheres e 45% homens. Outro dado interessante diz respeito à formação do turista: 76% dos viajantes têm, pelo menos, ensino superior.

Os turistas do Sudeste ocupam quase metade da fatia dos visitantes (48%), seguidos pelo turismo interno, com viajantes do próprio Estado (28%). O destino preferido de quem vem do Sudeste é Porto Seguro, na Costa do Descobrimento. Já entre os baianos, as cidades mais cotadas são Ilhéus e Itacaré. Morro de São Paulo também se destaca, sendo o preferido dos turistas internacionais e do Sul do Brasil.

73% do total corresponde a viagens em casal ou família respondem. Itacaré e Morro de São Paulo são os preferidos dos casais, em Porto Seguro (sede, Caraíva, Arraial D’Ajuda e Trancoso) predominam as viagens familiares. A média de permanência é de cinco dias. 

As pesquisas apontam quatro faixas de renda dos viajantes: 17% têm renda entre R$ 1 mil e R$ 2 mil; 26% entre R$ 2,1 mil e R$ 5 mil; 26% entre R$ 5,1 mil e R$ 10 mil; e outros 17% entre R$ 10 mil e R$ 20 mil. Itacaré e Porto Seguro, mais especificamente os destinos Trancoso e Arraial D’Ajuda, têm atraído os turistas com maior faixa de renda.

Whatsapp

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!