20 de Novembro de 2018

Mocambinho é um dos melhores lugares de Salvador quando o assunto é comida de boteco

Quem conhece o Mocambinho, no 2 de Julho, não tem dúvida: o bar é um dos melhores lugares de Salvador quando o assunto é comida de boteco. 

Nada de petiscos e tira gostos com gordura escorrendo. A mão de Ilza tem a dose certa do tempero da culinária baiana de raiz. O cardápio é variado: inclui desde frutos do mar (a salada de aratu - com coentro, cebolinha tomate, azeitonas pretas e torradas - é uma delícia) aos tradicionais escondidinhos e arrumadinhos, de carne de fumeiro (suína defumada), do sol ou até mesmo vegetariano e vegano.

Cumbuca da Zira: carne de charque, farofa de gengibre e coco
(Foto: Reprodução)

 

Fica difícil escolher, mas se você quer provar uma iguaria que não vai esquecer tão cedo peça o fumeiro com purê de banana da terra. A carne é macia e saborososíssima, e o contraste entre o salgado da carne com o doce da banana é uma das melhores combinações da vida. O prato leva ainda manjericão por cima e a fusão de sabores é única. Confie! 

A banana da terra também dá o tchan à carne suína com farofa de banana da terra. Já a farofa também é destaque em sua versão farofa d1água com a carne desfiada… 

Carne de fumeiro com banana da terra: um dos melhores pratos do cardápio
(Foto: Reprodução)

 

A Cumbuca da Zira é um dos destaques da casa que ganhou o prêmio de melhor cozinha de bar na Veja Salvador 2015. Na receita,  charque desfiado, calabresa de pernil flambada na cachaça, farofa de gengibre, salada de tomate e crocantes lascas de coco. 

Os pratos são bem servidos e dá para três ou quatro pessoas petiscarem de boa. Isso quer dizer: beliscarem, entre um copo e outro. Diante da excelente qualidade, os preços são muito justos, variando entre R$ 30 e R$ 40. 

A área interna é pequena, mas sempre cabe mais um rótulo de cachaça
(Foto: Reprodução)

 

A variedade também aparece nos rótulos de cervejas: das mais populares às artesanais, elas estão lá. Mas o destaque da casa vai para os cerca de 200 rótulos de cachaça. Tem de todas as origens e preços: a dose é vendida a partir de R$  4 e pode chegar até R$ 50. 

Se bebida alcóolica não for a sua, prove os sucos. Entre as opções, morango com pimenta doce, limão com manjericão e acerola com gengibre. 

Nos fins de semana, as mesas e cadeiras são disputadas
(Foto: Reprodução)

 

O Mocambinho funciona de terça a sábado, das 18h à 1h, e é bem frequentado por artistas, produtores culturais e jornalistas. As mesas espalhadas na calçada são para quem não tem frescura. O clima é agradável, embaixo de uma árvore. Só fique ligado em uma coisa: o movimento de pedintes e vendedores na área é grande, mas faz parte da experiência de quem vive os Centros das grandes cidades. 

O atendimento é de qualidade, com Ilza sempre acompanhando tudo de perto, com seu sorrisão. Não duvide se no fim da noite você já estiver se tornado broder dos garçons e amigo de infância da proprietária. 

Se ligue!
Mocambinho Bar
@mocambinhobar
Rua da Faísca, 12, Dois de Julho, Salvador
Terça a sábado, das 18h à 1h

Preços e serviços apurados em abril de 2018

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!