25 de Setembro de 2018

Coloque no roteiro a Feira das Sete Portas, onde tudo se encontra

Um lugar onde você encontra de tudo: da farinha torradinha ao marisco fresco vindo das ilhas. Das folhas para banhos àquela feijoada caprichada na volta da farra. É assim que a Feira das Sete Portas, em Salvador, é definida. 

Seus becos estreitos, onde o cheiro de temperos impera, são muito frequentados pelos soteropolitanos que não deixaram para trás o costume das feiras de rua. Que bom! Também é uma excelente opção para apresentar aos amigos de fora. Não estranhe se encontrar Gilberto Gil fazendo compras por lá. O Mercado foi inaugurado na década de 1940, pelo intelectual e empreendedor Pinto de Aguiar. 

Feira das Sete Portas: onde tudo se encontra
(Foto: Reprodução/Instagram geniovani)

 

Sua localização central, próxima ao Centro Histórico e ao vale do Aquidabã, facilita o acesso de gente da cidade toda. Muitas linhas de ônibus passam pela região, que costuma ficar “crowdiada” nos dias de intenso movimento da feira. A fila para o estacionamento, nos fundos da feira, pode deixar o fluxo bem travado. Uma hora custa R$ 4. 

Farinha não pode faltar na mesa do baiano
(Foto: Reprodução/Instagram fabricioernanni)

 

Muito menos famosa que a Feira de São Joaquim, em Água de Meninos, a Sete Portas não deve em nada à prima rica. E tem uma grande vantagem: por ter área bem menor, é mais fácil de circular e de localizar as barracas dos fregueses. Assim, dá para comprar tudo rapidinho, deixando ainda tempo para a pechincha e a prosa gostosa com os vendedores. 

Frutas e verduras frescas, com preço bom
(Foto: Reprodução/Instagram _lgonzaga)

 

Frutas, verduras, folhas verdes e temperos secos têm bom preço. Carnes frescas e itens para a tradicional comida baiana, como camarão seco, amendoim, castanha e azeite de dendê, também. A Sete Portas também é ideal para quem procura artigos religiosos: de imagens a folhas… tem de um tudo por lá!

Nos fins de semana, mariscos e frutos do mar costumam ser vendidos na calçada do lado de fora. Se esse for seu objetivo específico, a visita pode ser mais estratégica ainda. 

Artigos religiosos: na feira tem
(Foto: Reprodução/Instagram arthurluna70)

 

Outro ponto que se destaca na Feira das Sete Portas é a culinária. Desde bem cedo, diversos boxes vendem comidas “pesadas”, como Mocotó, Feijoada, Sarapatel. Os pratos feitos alimentam tanto  trabalhadores em busca de energia para começar o dia como pessoas vindas de festas que fazem uma parada estratégica na feira para reabastecer o bucho. Uma das feijoadas mais famosas é a de Dona Glória, no andar de cima. Aos sábados, ela abre a banca às 6h. 

Comidas pesadas se destacam nos restaurantes da Feira 
(Foto: Reprodução/ Instagram monicasangalo)

 

Se ligue!
Feira das Sete Portas 
Av. Cônego Pereira, S/N, Sete Portas
Diariamente, a partir das 7h
Preços e serviços apurados em março de 2018

Whatsapp

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!