17 de Agosto de 2018

Arte, boa comida e um jardim maravilhoso: tudo num só lugar, o Palacete das Artes

Um dos lugares mais encantadores de Salvador foge totalmente do estereótipo de cidade de praia, sol e festa: é um museu, com belo jardim e restaurante. O Palacete das Artes, na Graça, tem tudo para agradar quem gosta de arte e boa comida, mas também quem curte passar o tempo ao ar livre, lendo um livro ou apenas observando o cair da tarde. E, pra ficar ainda melhor, é um programa gratuito. 

Mansão, jardim e esculturas de Rodin:  atrativos do Palacete das Artes
(Foto: Divulgação)


Mesmo que o centro cultural não tenha nenhuma exposição, a visita é obrigatória. Por si só, a mansão que pertenceu ao comendador Bernardo Martins Catharino já vale o passeio. O Casarão tem dois pavimentos, pinturas parientais nas paredes, que retratam desde cenas românticas à natureza morta. Não se deixe perder nas paredes, olhe pra cima, pois os tetos e forros do teto em painéis são capítulos à parte: com pinturas de figuras de anjos e ornatos em elementos de folhas, flores e pássaros. Assim, qualquer mostra que ocupe os cômodos da casa e o sótão vem de bônus. 

Repare na beleza das paredes, tetos e forros
(Foto: Instagram/Reprodução/Adrilima)

 

Um outro espaço expositivo, de estrutura completamente contemporânea, contrasta com com o casarão principal. Localizado no fundo do terreno, ele foi batizado em homenagem ao escultor Mário Cravo Júnior. 
Se incluir no roteiro, não vá com pressa.

Permita-se ficar no jardim, sentar nos bancos de cimento e sentir o ventinho bom que circula por lá. As crianças certamente vão se sentir à vontade. Algumas das atrações do espaço são quatro peças do escultor Auguste Rodin, adquiridas junto ao Museu Rodin Paris. De 2009 a 2012, inclusive, o Palacete recebeu uma exposição com 62 obras do artista. Foi um arraso, mas se você não conheceu o local na época, não chore pelo leite derramado. Vá visitar toda a estrutura incrível do lugar!

O Solar é lugar tanto para celebrações quanto para refeições simples
(Foto: Instagram/Reprodução/Solargastronomia)

 

O espaço ainda é uma excelente opção para almoço, jantar ou aquele café da tarde. O restaurante Solar, comandado pela chef Andréa Nascimento, tem cardápio bastante amplo, com crepes, sanduíches, quiches, saladas, carne, frango e frutos do mar. Tudo bem saboroso e com um toque autoral. A casa também tem filial no Rio Vermelho, na Rua Fonte do Boi. 

O risoto Paraguaçu (R$ 47,50, prato individual) leva abóbora cabotiã assada com gorgonzola. Outra opção de lamber os beiços é o Camarão Catharino (R$ 59,90, prato individual) , com purê de mandioquinha e molho especial de jabuticaba. Os preços não são muito em conta, mas valem cada centavo. A música ambiente que toca no restaurante sempre é agradável também.

Camarão Catharino: o crustáceo é grelhado e servido com purê de mandioquinha e molho especial de jabuticaba
(Foto: Instagram/Reprodução/Solargastronomia)

 

A riqueza do Palacete das Artes não termina por aí. O espaço também recebe em datas especiais sessões de cinema e eventos como mostra de orquídeas, aula de ioga (aos domingos). Por isso, vale a pena conferir a programação e colocar no seu roteiro. 

Se ligue!
Palacete das Artes (@palacetedasartes)
R. da Graça, 289, Graça, Salvador, (71) 3117-6984
Terça a domingo, 13h às 19h, Entrada franca

Solar (@solargastronomia)
(71) 3328-3444
Preços e serviços apurados em novembro de 2017

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!