25 de Setembro de 2018

Noite LGBT em Salvador é plena, tem boates, bares e shows de drag queens

Apesar de ser uma das cinco maiores cidades do país, Salvador não é muito bem servida de atrações voltadas exclusivamente para o público LGBT. São poucos os bares conhecidamente frequentados pelo público gay, menos ainda os com programações para lésbicas. Mas a gente dá umas boas dicas.

Burlesque
O bar, aberto em 2014, fica em um casarão com decoração inspirada no filme que tem o mesmo nome do bar, que foi estrelado por Cher e Christina Aguilera. O local tem uma varanda que é um ótimo lugar para tomar uns drinques e comer uns petiscos. É lá também que rola, toda sexta-feira e sábado, shows de MPB com cantores da cidade. O couvert artístico custa R$ 6. Dentro do bar, de terça-feira a domingo, sempre a partir das 22h, tem apresentações de drag queens. Para comer, tem pastéis de sabores diversos, entre eles o de camarão (R$ 14,90), o nordestino, com carne seca e aipim (R$ 12,90). Para beber, peça um Cafuçu (vodka, calda de chocolate, café e licor de marula), que custa R$ 13,90.

Ancora do Marujo
Esse é um dos locais onde a cultura LGBT em Salvador resiste. O  Âncora, como é carinhosamente chamado pelos frequentadores, é um bar que já tem 17 anos e foi responsável por ter sido palco de importantes nomes no transformismo soteropolitano. Estrelas como Valerie O’hara, Scarlet Sangalo e Mitta Lux já passaram por lá. Recentemente, se tornou também um local de revelação de novas drags. A premiada Nina Codorna já fez uns lip syncs lá. Não vá esperando muito luxo, a casa é simples, mas bem aconchegante e a cerveja está sempre gelada. Os shows começam bem tarde, a partir das 23h e seguem ao longo da madrugada. Como o bar é pequeno, a plateia fica bem perto do palco e a sensação é de quase participar do show junto com as meninas. Como o a rua Carlos Gomes é muito deserta nesse horário, dê preferência ao táxi ou uber. A entrada custa R$ 5.

Tropical Club


A boate foi fundada em 1977, fechou em 1997, mas foi reaberta em 2006, funcionando até hoje com festas voltadas para o público LGBT e também com apresentações musicais, além de shows de drag queens. Os shows acontecem no andar de cima, que conta com mesas e um palco. No andar de baixo é onde o clima esquenta um pouco mais e os DJs residentes colocam todo mundo para dançar até o dia amanhecer. A dica para quem vai curtir qualquer balada lá é a mesma do  ncora. Como o lugar não é dos mais seguros, prefira ir de táxi ou uber, já que não tem pontos de ônibus tão pertos. A entrada para as festas custa a partir de R$ 25.

San Sebastian


A casa fica no famoso bairro boêmio da cidade, no Rio Vermelho, que ferve, quase todas as noites da semana. Para esquentar ainda mais o clima de paquera que o bairro tem, a san Sebastian se mostra como a principal balada LGBT de Salvador, recebendo grandes nomes da cena eletrônica nacional e internacional. É conhecida por ter o melhor sistema de som de todas as casas de festa da cidade e por atrair um público seleto. Fica em frente ao mar do Rio Vermelho. O prédio que ocupa tem três andares e possui bares, camarotes, área externa ampla e duas pistas independentes. Ou seja, dá para arrasar nas duas. Tanta qualidade é repassada nos preços nem tanto baratos. Uma cerveja long neck custa a partir de R$ 10. A entrada para as festas custam a partir de R$ 30. 

Amsterdam Pop Club


É a irmã mais nova da San Sebastian. Inclusive recebe também um público mais jovem que a primeira. As duas baladas pertencem ao mesmo grupo, o San Sebastian, que também produz festas maiores com artistas renomados como Anitta, Claudia Leitte e Ivete Sangalo. A Amsterdam fica no Largo dos Aflitos, pertinho da Tropical e do  ncora do Marujo (se um não tiver legal, é só correr para o outro). A casa de dois andares tem uma pista e um lounge a céu aberto. Os dois contam com bares em que uma cerveja long neck custa R$ XX. Uma das melhores coisas da Amsterdam é a vista para a Baía de Todos os Santos que tem na área externa. À noite não dá para ver muita coisa, mas o amanhecer na casa é lindo. Ah, outra coisa boa é que tem festa open bar que custa R$ 35.

Se ligue!

Burlesque Bar @burlesquebarsalvador
Rua da Mouraria, 51, Nazaré /  71 3036-4908

Âncora do Marujo
Rua Carlos Gomes, 808, Dois de Julho

Tropical  Club Salvador @boatetropical
Rua Gamboa de Cima, 24, Dois de Julho / 71 3451-5168

San Sebastian @sansebastianbrazil
Rua da Paciência, 88 - Rio Vermelho / 71 3012-5013

Amsterdam Pop Club @amsterdamsalvador
Largo dos Aflitos, S/N, Mirante dos Aflitos /  71 98114-9433 |
 

 

 

 

Whatsapp

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!