12 de Dezembro de 2018

É bom de boca? Veja 7 pratos que você tem que experimentar na Bahia

Por mais que a comida baiana clássica, aquela com dendê, seja a mais procurada entre os turistas, a gente sabe - e prova-  que existem outras opções de lamber os "beiços". Confira pratos da nossa culinária que você precisar experimentar quando o assunto é matar a fome. Você também encontra muitas dessas opções na nossa lista de lugares em Salvador para tomar uma gelada e beliscar um petisco. As dicas enfocam endereços na capital baiana, mas se estiver por outras bandas do estado, guarde os nomes dos pratos em mente e peça por aí também.

 

O pastel de polvo do Koisa Nossa é uma ótima opção pra quem tá procurando um lugar mais descontraído com cerveja gelada e mesa na rua, estilo botecão, em Salvador. Lá você sempre encontra a TV ligada em dia de jogo. O bar fica próximo ao centro antigo da cidade e, além de uma variedade de pastéis bem recheados, serve uma lambreta deliciosa, outro prato que é a cara da Mouraria, bairro onde ficam os locais. Pra quem não sabe, lambreta é um molusco que se serve cozido e temperado com cebola, tomate, limão, coentro e sal. O pastel de polvo custa R$21,90 (unidade), já a dúzia de lambreta sai por R$ 22,90. O restaurante funciona de terça a sábado das 17h às 00h. Aos domingos, só seu vizinho Lambreta.com (que é do mesmo dono) funciona, das 12h às 19h.

 

O arrumadinho de carne de fumeiro do Bar Quintal do Raso da Catarina é um dos clássicos da noite soteropolitana. O local travessa gerações e fica nos fundos de um casarão abandonado, ao lado do Passeio Público, pertinho do Campo Grande. O atendimento é sempre simpático e a cerveja, gelada. Sobre o prato, como sugere o nome, são porções de feijão verde, farofa, vinagrete e carne de fumeiro (tem também a opções de carne do sol e linguiça), todos arrumados e servidos numa charmosa panelinha de barro, que vem enrolado em um pedaço de chita. Para quem não sabe, carne de fumeiro é um preparo tradicional da carne de porco defumada artesanalmente, típico da região do Recôncavo Baiano, particularmente do município de Maragogipe. O arrumadinho custa R$ 36  e serve bem duas pessoas. O Quintal abre todos os dias da semana: de segunda a sábado a partir das 17h e aos domingos e feriados a partir das 16h. 
 


 

O xinxim de frango é um prato de santo, de origem afro-brasileira. A preparação, inicialmente, se deve ao Candomblé, nas festas em homenagem a Oxum. O prato é temperado e refogado em azeite de dendê, juntamente com camarão seco e castanha de caju, de lento cozimento e deve ser servido acompanhado de farofa. O xinxim é também uma das muitas guarnições do Caruru de preceito e volta e meia pode ser encontrado nos restaurantes baianos às sextas-feiras, quando costuma se servir comida baiana em self services. Um dos mais famosos xinxins é do restaurante Cadê Q'Chama, que fica no Santo Antônio Além do Carmo, no centro Histórico. O local é ideal para quem quer comer algo muito próximo da comida caseira com pratos bem servidos. O xinxim de lá custa R$ 40 e serve até duas pessoas. O restaurante funciona segunda-feira e de quarta a sábado, sempre das 11h às 22h. Às terças e domingos abre às 11h e fecha às 17h. 


 

A moqueca é, sem sombra de dúvida, o prato mais famoso da culinária baiana e pode ser apreciada em diversos restaurantes de Salvador, dos mais simples aos mais sofisticados. Tem moqueca de tudo: siri, peixe, carne, camarão, polvo, ovo, além das combinações possíveis entre eles. Atenção especial para a moqueca de camarão do Donana, famosa pelo tamanho generoso do marisco, além de já ter sido eleita como a melhor da cidade. O título se mantém e se confirma pela fila enorme que se forma, principalmente aos domingos, na porta do restaurante, que fica no bairro de Brotas. O prato custa R$ 99,90 (serve muito bem duas pessoas). O Donana abre terça, quarta e domingo das 11h30 às 17h; de quinta a sábado, das 11h30 às 18h.


 

Quem gosta de feijoada precisa experimentar a do Aconchego da Zuzu, que é servida apenas às sextas, sábados e domingos. O detalhe é que às sextas e sábados, sai feijoada carioca, com feijão preto. Já aos domingos, a versão baiana com feijão carioquinha (aquele de marrom). No entanto nos outros dias é possível apreciar todo o cardápio da casa. O ambiente bem familiar e a comida típica caseira já são parte da tradição da cidade. O restaurante ocupa o quintal da casa de Dona Zuzu, que deu nome ao local. A matriarca faleceu em 2011 aos 103 anos. Atualmente é gerido por suas filhas. A feijoada custa R$ 35,90 (prato para uma pessoa) e R$ 46,90 (duas pessoas). O restaurante funciona de terça a sexta das 11h30 às 16h. Aos sábados, domingos e feriados abre às 11h30 e fecha às 17h. Nesses dias entre 13h e 16h o restaurante possui música ao vivo  e cobra couvert artístico de R$10 por pessoa.

 

 

Se em Cachoeira, no recôncavo baiano, não deixe de provar a maniçoba, um dos pratos mais famosos da região. De origem indígena, a maniçoba é feita com a folha da mandioca moída e cozida. É importante que a folha tenha sido bem cozida para que saia todo o ácido cianídrico, que é venenoso. Depois é só acrescentar as carnes (como uma feijoada) e servir com farinha de mandioca e arroz. Diversos restaurantes em Cachoeira servem a iguaria. Um deles é o Jeilza Drinks. O mais legal desse local é que ele fica na orla do rio Paraguaçu, um dos melhores lugares da cidade para sentar, comer esse delicioso prato e abrir uma cerveja gelada. Em Salvador, alguns bares e restaurantes também servem a Iguaria. O Novo Póstudo, no Rio Vernelho, é um deles. 

Se ligue!

Bar Koisa Nossa e Lambreta.com @KoisaNossa
Travessa Engenheiro Allioni, 1, Mouraria, Salvador / 71 3242-5412

Bar Quintal Raso da Catarina @barquintaloficial
Avenida Sete de Setembro, 1370, Campo Grande, Salvador / 71 3022-0218

Cadê Q'Chama @cadeqchama
R. do Carmo, 21 - Santo Antônio Além do Carmo, Salvador / 71 98637-8873

Restaurante Donana 
Avenida Teixeira Barros, boxes 1 a 7, Centro Comercial do Conjunto dos Comerciários,  Brotas, Salvador
71 3351-8216 | 71 3019-7840
www.donanarestaurante.com.br

Aconchego da Zuzu
R. Quintino Bocayuva, 18, Garcia, Salvador / 71 3331-5074

Jeilza Drinks
Rua Do Alambique 16, Jd Celeste, Cachoeira

Preços e serviços apurados em setembro de 2017

Whatsapp

ÚLTIMOS POSTS

Galeria

Suba 100: mountain bike no Vale do Jiquiriçá
Pensou em praia? Veja algumas das mais bonitas
Ver todas as galerias

Eu fui!